Espiritualidade Quântica (Poema)

Espiritualidade Quântica (Poema)

Por: Evaldo Peclat Nascimento FRC

 

Estamos diante de uma nova realidade

Onde o Maestro rege diferente cantiga

Na qual tudo depende da nossa vontade

Eu a batizo de ‘Espiritualidade Quântica’

II

É, sim, uma emergente “Religião-Ciência”

Baseada em ações da Física dos Átomos

Nela, só precisamos da Mãe Consciência

Para bem definir tudo aquilo que somos

 

III

 

Ensina como melhorar nossa vida prática

Ilumina as crenças de todas as religiões

E por ser uma revelação superfantástica

Não precisa de juras e nem de sermões

 

IV

 

Diz que o que vemos são probabilidades

Como se olhássemos através de película

 Que o mundo é feito de muitas verdades

E Espírito também é onda e/ou partícula

V

Informa que tudo na vida está interligado

Que os ‘quantas’ têm contatos não locais

Coisas que deixam inclusive assombrados

Os ‘profetas’ considerados os seus pais

 

VI

Descoberta no início de mil e novecentos

Até hoje ainda desvenda vários mistérios

Muda paradigmas, filosofias, pensamentos

(Há quem queira enquadrá-la em critérios)

VII

Para ela não existe tempo e nem espaço

Os seus ‘fiéis’ vão para frente e para trás

Disparam, e sequer apresentam cansaço

Não dá para medi-los com ‘réguas’ atuais

VIII

Ressalta que tudo se passa num campo

Conhecido como emaranhado energético

Os seus pontos cintilam como pirilampos

(Façamos-lhe um belo hino apologético)

IX

Prega a doutrina da complementaridade

Onde as interações acontecem em saltos

Não faz discriminação de credo ou idade

E quer que lancem suas vibrações ao alto

X

É, também, acessível a todos os povos

Para a redenção de ricos e de plebeus

Mostra ensinamentos e conceitos novos

(Procura explicar os desígnios de Deus)

 

(Evaldo Peclat Nascimento é Jornalista, Professor e Poeta)