Biblioteca Alexandria – Historia

Quando a Grande Loja de Língua Portuguesa decidiu criar sua biblioteca em 1992, ela foi batizada com o nome Alexandria, em referência a um dos maiores centros culturais da Antiguidade.

O famoso monarca macedônico Alexandre, o Grande, depois de conquistar grande parte do mundo antigo, fundou na região do Delta egípcio, por volta de 331 a.C, a cidade de Alexandria. Devido sua localização, a cidade logo se tornou a principal base marítima do Mediterrâneo.

Após a morte de Alexandre e da divisão de seu império, o faraó Ptolomeu I Sóter, fundou a famosa biblioteca em 290 a.C., com o objetivo inicial de ser um amplo espaço para comportar as obras em grego.

Inicialmente consistia em uma sala de leitura, oficina de copistas e um arquivo para documentos oficiais. Com o tempo, passou a reunir papiros e manuscritos de todas as partes do mundo conhecido. Seus títulos estavam relacionados à medicina, astronomia, ciência e matemática. Até hoje é lembrada pelo vasto conhecimento que preservava.

Contudo, sua destruição, possivelmente ainda na antiguidade, também é um dos fatores que fizeram com que seja eternamente lembrada. Há diversas versões de como foi destruída, algumas que relacionam a destruição ao famoso governante romano Júlio César e outras que fazem referência ao período em que os árabes muçulmanos conquistaram o Egito. Independente do fato histórico que explique a sua destruição, o que se lamenta é a perda do vasto conhecimento guardado pela Biblioteca de Alexandria.

Assim, quando a AMORC-GLP criou sua biblioteca, escolheu o nome da antiga cidade egípcia e de seu mais importante centro cultural para nomear seu espaço dedicado a leitura e pesquisa. A Biblioteca Alexandria – AMORC conta hoje com um acervo eclético, contudo o esoterismo é sua especialidade. Possui cerca de 22.000 livros e é aberta ao público em geral para consulta local. Aos estudantes rosacruzes de Curitiba e Região disponibiliza o serviço de empréstimo.

Aguardamos a sua visita à Biblioteca Alexandria – AMORC!

Alexandre, o Grande. Mosaico Romano em Pompeia
Alexandre, o Grande. Mosaico Romano em Pompeia

Informações Relacionadas

  • Sistema Pergamum
  • Destaque Cultural
  • Exposições
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on Pinterest